Links de Acesso

Juristas guineenses pedem ao PR para moderar a linguagem após chamar-lhes “bandidos e bandidas” 


Úmaro Sissoco Embaló, Presidente da Guiné-Bissau

A Ordem dos Advogados da Guiné-Bissau condena as declarações do presidente Umaro Sissoco Embalo, que ontem que acusou os juízes conselheiros de corruptos e bandidos.

"Esperamos que ele (Sissoco Embalo) modere nos próximos tempos para que sejam intervenções que ajudem a encontrar soluções de forma que haja reformas necessárias nas instituições”, disse Basílio Sanca, bastonário da Ordem dos Advogados da Guiné-Bissau.

Ontem, Sissoco Embalo, ao regressar do estrangeiro, acusou, no Aeroporto Internacional Osvaldo Vieira, alguns juízes conselheiros de serem corruptos.

"Quando juízes estão a ser bandidos ou bandidas é grave”, disse Embalo.

Acompanhe:

Guiné-Bissau: Juristas pedem a Sissoco para moderar a linguagem após chamar-lhes “bandidos e bandidas”
please wait

No media source currently available

0:00 0:01:55 0:00


Fórum Facebook

XS
SM
MD
LG