Links de Acesso

Guiné-Bissau: Detidos dois líderes sindicais da Saúde por alegado envolvimento nas greves


Trabalhadores de saúde, Bissau

Dois responsáveis sindicais do sector da saúde foram detidos hoje, depois de terem sido ouvidos pela Procuradoria-geral da República (PGR), na sequência das últimas paralisações nas unidades hospitalares do país.

Guiné-Bissau: Detidos dois líderes sindicais da Saúde por alegado envolvimento nas greves
please wait

No media source currently available

0:00 0:01:47 0:00

Trata-se de João Domingos e Ioió António Correia, representantes da classe que, entre outros pontos, exige melhores condições de trabalho, aplicação de carreira de médicos, pagamento de dez meses de salário atrasado aos recém colocados.

O Governo disse não estar disposto a perdoar dois boicotes, alegando que a Lei da Greve não foi observada pelos sindicatos do sector de Saúde.

“Logo na audição (na PGR) fomos confrontados com um despacho produzido no dia 19 em qu,e sem serem ouvidos ou qualquer outro elemento do sindicato, já tinham sidos classificados de suspeitos, acusados de crime de omissão,” disse à imprensa Fodé Mané, advogado dos dois sindicalistas.

Declinando comentar, uma fonte do gabinete de imprensa da PGR disse à VOA que “o processo encontra-se numa faseinstrutória, estando sob segredo de justiça”.

Fórum Facebook

XS
SM
MD
LG