Links de Acesso

Governo são-tomense prepara medidas contra abate ilegal de árvores


Cada dia 2.500 homens abatem indiscriminadamente centenas de árvores

O Governo são-tomense diz estar preocupado com o número cada vez crescente de madeireiros que garantem o sustento das suas famílias através do abate indiscriminado de árvores.

O ministro da Agricultura, Pescas e Desenvolvimento Rural, Francisco Ramos, avisa que medidas duras serão tomadas para por cobro a essa situação.

Ramos reconhece que não tem sido fácil a negociação com os madeireiros para travar o que chamou de desastre ambiental.

“Eu quero dizer aos operadores de motosserra que se destruímos a floresta destruímos a nós todos”, sublinhou.

De acordo com os números avançados pelo ministro são cerca de 2.500 homens que todos os dias abatem indiscriminadamente centenas de árvores nas florestas do país.

O território de cerca de 1001 quilómetros quadrados tem sido devastado pelo abate indiscriminado de árvores.

Os madeireiros justificam a sua acção com "a falta de emprego e a garantia de sustento para as suas famílias".

Fórum Facebook

XS
SM
MD
LG