Links de Acesso

Governo são-tomense fecha fronteiras a passageiros de países com casos de coronavírus


Jorge Bom Jesus, primeiro-ministro

O Governo de São Tomé e Príncipe vai proibir a entrada de cidadãos da China, Coreia do Sul, Itália, Irão, Nigéria, Argélia e Senegal como forma de evitar a entrada do novo coronavírus no país.

O anunciou foi feito nesta quarta-feira, 4, pelos ministros dos Negócios Estrangeiros, Elsa Pint,o e da Saúde, Edgar Neves, no final de um encontro com o corpo diplomático, organizações internacionais, representante da Organização Mundial da Saúde (OMS)

“Esta lista pode ser alterada a qualquer momento”, advertiu no entanto, o ministro da Saúde.

A chefe da diplomacia, Elsa Pinto, arescentou que a data da entrada em vigor da medida será anunciada após a reunião do Conselho de Ministros.

Além dessa proibição, o plano para evitar a chegada ao país da doença inclui o controlo de todos os passageiros que chegam ao país, medidas de higienização do Aeroporto Internacional, instalação de uma tenda para casos suspeito no mesmo, a criação de um espaço de isolamento Hospital Ayres de Menezes e de uma estrutura fora da capital para eventuais casos e a realização de exames em Dakar, Senegal.

Fórum Facebook

XS
SM
MD
LG