Links de Acesso

Governo russo detém "espião" americano


Vladimir Putin

Departamento de Estado americano confirma ter sido notificado e ped respeito pela lei

O Serviço Federal de Segurança (FSB, antigo KGB) da Rússia anunciou nesta segunda-feira, 31, a detenção em Moscovo do cidadão norte-americano, Paul Whelan, quando presumivelmente participava em actividades de espionagem.

O órgão especificou ter aberto um processo crime contra Whelan, detido na sexta-feira, 28, e acrescentou que prossegue a investigação sobre o caso de espionagem, um delito que na Rússia é punível com até 20 anos de prisão.

Num comunicado enviado à VOA, o Departamento de Estado americano confirmou ter sido notificado formalmente pelo Governo russo e lembrou que, ao abrigo da Convenção de Viena, Moscovo deve permitir o acesso dos serviços consulares americanos ao detido.

Recorde-se que no mês passado, o Governo de Vladimir Putin criticou o processo aberto nos Estados Unidos contra a cidadã russa Maria Bútina por conspirar contra o Estado e disse não ser verdade que ela trabalhava para o Kremlin.

Fórum Facebook

XS
SM
MD
LG