Links de Acesso

Governo promete recuperar igreja que é património histórico-cultural de Angola em Cabinda


Igreja Católica São Tiago Maior de Landana, no município de Cacongo, desabou devido a chuvas

O Governo angolano promete recuperar o templo centenário da Igreja Católica São Tiago Maior de Landana, no município de Cacongo, no norte de Cabinda, que desabou em consequência das chuvas que se abateram sobre a província na semana passada.

Uma comissão multissectorial do Executivo e da Santa Sé vai trabalhar na recuperação da igreja.

O templo é classificado Património Histórico-Cultural de Angola.

O governador de Cabinda, Eugénio Laborinho, esteve no local para acompanhar a primeira avaliação e anunciou a total disponibilidade do Governo para a recuperação do templo.

“Vamos ter que buscar a nível local, com esforço do Governo local e central, uma solução, nem que seja provisória para que de facto os crentes da Igreja Católica deem sequência às suas actividades religiosas”, disse Laborinho.

Por agora, o governador afirmou que há que fazer um balanço das necessidades, mas admitiu que o caminho é a recuperação e não a construção de um novo tempo.

“Em princípio não podemos admitir a construção de uma nova igreja, vamos aproveitar o que ainda existe porque ela está em condições, vamos fazer um estudo profundo tecnológico de construção”, adiantou Eugénio Laborinho.

A disponibilidade do Governo para ajudar na recuperação da igreja é uma “manifestação de esperança para os fiéis católicos”, segundo o padre Eugénio Cassoma, da missão de Landana.

Dados preliminares indicam que o intenso movimento de automóveis pesados na estrada contígua à igreja, envolvidos na construção do porto de águas profundas do Caio Litoral, e os defeitos da obra da sua recente recuperação, são uma das explicações dos peritos para o estado em que se encontrava o edifício, considerado um dos maiores monumentos de Cabinda, construído em barro e pedra.

Construída no período colonial, a igreja completaria 115 anos de existência a 25 de Julho, mas há vários meses que apresentava pequenos desabamentos e fissuras no revestimento na parte frontal, lateral e nos pilares que suportam a torre.

A igreja foi construída por missionários espiritanos, em 1903, anos depois da fundação da missão de Landana em 1873.

Fórum Facebook

XS
SM
MD
LG