Links de Acesso

Governo deve tomar medidas para mitigar situação económica "dramática" dos angolanos - Presidente da UNITA


Adalberto Costa Junior,

O presidente da UNITA Adalberto Costa Júnior disse em Benguela esperar que que o govenro adopte medidas para minimizar os efeitos “dramáticos” da politica economica apoiados pelo Fundo Monetário Internacional para a reablitação da economia angolana.

Falando em Benguela onde esteve de visita no fim de semana Adalberto Costa Júnior disse que “as medidas de desvalorização da moeda, de retirada dos incentivos complementares … estão a ser violentamente penalizadoras para a população, já que aparecem em conjunto com outras, como o IVA”.

’Há um drama, por isso espero correctores que não penalizem mais ainda a resistência daqueles que nem uma refeição conseguem’’, acrescentou o presidente da UNITA.

Adalberto Costa Júnior comentou também a declaração recente do ministro da Justiça e dos Direitos Humanos, Francisco Queiroz, de que o govenro já teria recuperado cerca de 5.000 milhões de dólares de bens desviados.

“O repatriamento de capitais não tem balanço nenhum, o que se faz é partilhar a recuperação do Fundo Soberano”, disse.

“Não tem nada a ver uma coisa com a outra’’,acrescentou Costa Júnior.

Fórum Facebook

XS
SM
MD
LG