Links de Acesso

Governo da China aumenta impostos a 128 produtos americanos


Vinho americano no mercado chinês

Medida surge em resposta à tarifas americanas sobre as importações de aço e alumínio

O Governo da China anunciou hoje um aumento de imposto superior a 15 por cento para a importação de 128 produtos dos Estados Unidos, entre os quais carne suína congelada e vinho a certas frutas e nozes.

A medida amplia a disputa entre as duas maiores economias do mundo e surge em resposta à tarifas norte-americanas sobre as importações de aço e alumínio.

As taxas, que entram em vigor já hoje, correspondem a uma lista de impostos potenciais de até 3 mil milhões de dólares em produtos americanos.

O contra-ataque acontece após várias semanas de tensões bilaterais, que alimentam receios de um conflito comercial aberto entre os dois gigantes mundiais.

China punida por violar propriedade intelectual americana

Pouco depois do anúncio, um editorial no tabloide chinês Global Times alertou que se os Estados Unidos imaginavam que a China não retaliaria ou adoptaria medidas apenas simbólicas, pode agora "dizer adeus a essa ilusão".

Por outro lado, o presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, prepara a imposição de tarifas em produtos chineses no valor de 50 mil milhões de dólares.

A medida de Trump visa punir a China por sistematicamente usar sem autorização propriedade intelectual americana, o que as autoridades de Pequim recusam.

Fórum Facebook

XS
SM
MD
LG