Links de Acesso

Governo brasileiro abre vagas para mais de 8 mil e 500 médicos


Médicos cubanos em Brasília

Novos profissionais vão substituir médicos cubanos

O Ministério da Saúde do Brasil publica nesta terça-feira, 20, no Diário Oficial da União o edital para contratação de médicos para o programa Mais Médicos e as inscrições começam na quarta-feira.

A medida de emergência foi anunciada neste segunda-feira, 19, e após Cuba decidir encerrar a parceria com o Brasil na última quarta-feira, 14.

Em nota, Havana disse ter tomado a decisão após declarações do presidente eleito Jair Bolsonaro (PSL) de fazer mudanças no programa.

O ministro da Saúde, Gilberto Occhi, explicou que serão ofertadas 8.517 vagas para médicos formados no Brasil e os profissionais serão colocados em 2.824 municípios e 34 distritos indígenas.

As inscrições começam às 8 horas de quarta-feira, 21, e estarão abertas até o dia 25 deste mês para os médicos brasileiros com registo no Brasil ou com diploma revalidado no país.

O início das actividades está previsto para 3 de dezembro.

No dia 27 de Novembro, um segundo edital será publicado para o preenchimento das vagas que não foram ocupadas por brasileiros formados no Brasil.

Nesta segunda chamada poderão se apresentar, por exemplo, brasileiros formados no exterior ou estrangeiros.

O Ministério da Saúde não soube precisar até quando os médicos cubanos ficarão no país e disse que não é responsável pelos custos o pela logística do retorno dos profissionais a Cuba.

Desde 2016, o Ministério da Saúde tem vindo a reduzir a participação de cubanos no programa.

O número de cubanos no Mais Médicos caiu de 11.400 em 2016 para os actuais 8.332 profissionais em actividade.

Fórum Facebook

XS
SM
MD
LG