Links de Acesso

Governo angolano fecha fronteiras e ativa força para quem não cumprir a quarentena


Aeroporto Internacional 4 de Fevereiro, Luanda

Como a VOA noticiou ontem, 18 de março, vários passageiros que chegaram ao Aeroporto Internacional 4 de Fevereiro, em Luanda, não respeitaram as normas sanitárias estabelecidas pelo Governo para evitar a propagação do novo coronavirus no país.

Houve relatos de tumultos, com passageiros a fugirem ao controlo.

Agora, a Direção Nacional de Saúde Pública alertou que passageiros que tenham chegado do exterior e que não obedecerem a quarentena de 14 dias serão levados imediatamente “pelas entidades da ordem de segurança pública para os centros de quarentena” definidos.

A quarentena será seguida por uma equipa multidisciplinar da polícia e entidades sanitárias, sendo enviada também uma equipa de Resposta Rápida “para complementar a investigação epidemiológica e clínica”.

Fronteiras fechadas

Ainda de acordo com as autoridades, as pessoas em quarentena não podem sair de casa por nenhum motivo.

Por outro lado, entra em vigor amanhã, 20 de Março, o decreto presidencial que fecha as fronteiras aéreas, terrestres e marítimas à circulação de pessoas durante 15 dias.

O período de aplicação do decreto pode ser prolongado caso necessário, como forma de evitar a entrada e propagação do novo coronavirus.

Covid-19: Moçambique impede entrada de zimbabueanos devido a incumprimento de quarentena
please wait

No media source currently available

0:00 0:02:02 0:00

Fórum Facebook

XS
SM
MD
LG