Links de Acesso

Geraldo Alckmin diz ser cedo para falar do vice na corrida à Presidência do Brasil


Geraldo Alckmin será candidato do PSDB

Governador de São Paulo deixa cargo em Abril para preparar candidatura

O pré-candidato do PSDB à Presidência brasileira e actual governador do Estado de São Paulo, Geraldo Alckmin, entende que no momento não faz sentido discutir possíveis formações de dupla à eleição de Outubro porque no momento há ainda muitas incógnitas sobre quem de facto estará na disputa.

Geraldo Alckmin diz ser cedo para falar sobre seu vice na corrida à Presidência do Brasil - 1:57
please wait

No media source currently available

0:00 0:01:57 0:00

"A escolha do vice é mais para frente, não é neste momento. Acho que agora, em Março e Abril, teremos definição das candidaturas, saberemos os partidos que terão candidato próprio, quem não terá candidato próprio. A definição de vice é lá para o meio do ano, mais próximo da convenção", disse.

Actualmente, ele descarta uma aliança com o PMDB, partido do Presidente Michel Temer, pois defende que a legenda terá candidato próprio.

Alckimin elogia medidas económicas do Presidente e diz que, se eleito, dará prioridade à aprovação, logo no primeiro ano, das reformas política, tributária e previdenciária.

"O PMDB tem candidato próprio, é isso o que a gente tem ouvido. Nós temos que respeitar. Você só pode fazer aliança com quem não tiver candidato. Então, neste momento quase todos os partidos vão dizer que têm candidato. Isso é mais para frente", ressaltou.

Geraldo Alckmin disse que vai renunciar ao cargo de governador no próximo dia 6 de Abril para se dedicar à candidatura à Presidência da República.

Fórum Facebook

XS
SM
MD
LG