Links de Acesso

Georges Chikoti eleito secretário-geral do Grupo ACP


Antigo chefe da diplomacia angolana vai liderar a organização por cinco anos

O antigo ministro das Relações Exteriores de Angola, Georges Chikoti, foi eleito no sábado, 7, em Nairobi, secretário-geral do grupo africano dos países de África, Caraíbas e Pacífico (ACP).

A eleição ocorreu durante a sessão do Conselho de Ministros do Grupo África, Caraíbas e Pacífico, que terminou neste domingo, na capital queniana.

Chikoti terá como missão principal prestar assistência ao Conselho Europeu e ao Conselho da União Europeia e contribuir para organizar e assegurar a coerência dos trabalhos do Conselho e a execução do programa de 18 meses.

O mandato de cinco anos começa em Março de 2020.

“O senhor embaixador Georges Chikoti, pelas suas qualidades pessoais, a sua competência e longa experiência na arena internacional, parece-nos ser a escolha certa no momento certo e uma garantia de que teremos um secretariado dinâmico e actuante, compatível com as dinâmicas de um mundo marcado por rápidas transformações”, disse o chefe da diplomacia angolana,Manuel Augusto.

O governante angolano acrescentou que a reunião de Nairobi foi “um ponto de viragem para a organização, por ser dedicada à sua transformação visando um engajamento mais acentuado para o multilateralismo”

Augusto sublinhou que Chikoti foi a melhor opção para substituir o secretário-geral cessante, Patrick Gomes, que permitiu “ao Grupo Africano de Países ACP afirmar-se, cada vez mais, como uma plataforma incontornável no diálogo multilateral virado para o desenvolvimento económico e social”.

O Grupo ACP ocupa-se da cooperação europeia com os Estados de África, das Caraíbas e do Pacífico (ACP) instituída pelo Acordo de Cotonou, de 2000.

Fórum Facebook

XS
SM
MD
LG