Links de Acesso

General Paka diz que "todos os generais gatunos que roubaram" devem ser levados à justiça em Angola


Manuel Paulo Mendes de Carvalho Pacavira, "General Paka"

Manuel Mendes de Carvalho Pacavira, conhecido como General Paka, na reforma, voltou a criticar o estado atual do país no terceiro ao do consulado de João Lourenço.

Em conversa com a VOA, o general diz estar desapontado com a forma como o Presidente dirige os destinos de Angola e sugere uma aliança com outras forças do país.

Manuel Pacavira afirma sentir-se mal ao ver tanta miséria na maioria dos cidadãos, enquanto alguns "companheiros" seus ostentam riqueza que não lhes pertence.

“É preciso acabar com esta miséria hoje, que parece estar pior, com os meus camaradas a ostentarem riquezas como se fossem magnatas”, defende o general, para quem a única saída que resta a João Lourenço é estabelecer alianças com outras forças vivas.

“Tem de fazer alianças, tem que sair da república para a nação, com homens da UNITA, da FNLA e de outras forças porque sozinho ele não vai conseguir e medidas policiais não resultam", sugere o general Paka, para quem a luta contra a corrupção de João Lourenço falhou por ter apostado em selecionar pessoas.

"Pegar no Tomás, no Joaquim, no Ismael da FESA e deixar os tubarões à solta, lemos que Manuel Vicente tem mais dinheiro que a Isabel dos Santos e que José Eduardo dos Santos, tem mais dinheiro que toda a gente, mas por que só a família do José Eduardo”, questiona.

E continua: "Ouvimos que não conseguiu pegar o Higino porque disse que coloca a boca no trombone, eu acho que o Higino e outros camaradas não têm qualquer boca para por no trombone, todos eles estão comprometidos com o crime, não foi só o José Eduardo dos Santos e não estou do lado dele, mas tambem não concordo que se faça essa injustiça, todos os dias Isabel, Tchizé, e o Manuel? O Higino e outros generais? São muitos os generais gatunos que roubaram, construíram condomínios e levaram o dinheiro para fora", acusa o militar na reserva.

Manuel Mendes de Carvalho Pacavira reitera que o dinheiro roubado deve regressar a Angola, mas de todos e não apenas de alguns.

Fórum Facebook

XS
SM
MD
LG