Links de Acesso

Forças turcas abatem dois aviões sírios


Imagem de arquivo: Rebeldes apoiados pela Turquia disparam contra forças do governo sírio junto à vila de Neirab, na província de Idlib. 20 fevereiro, 2020

A media estatal síria (SANA) disse neste domingo, 1 de março, que as forças turcas atacaram dois aviões sírios sobre a região de Idlib. A SANA informou que os pilotos pousaram em segurança e saíram dos aviões de guerra não tripulados em para-quedas.

O Observatório Sírio para os Direitos Humanos, um monitor sediado no Reino Unido, disse que os dois jatos caíram sobre o território controlado pelo regime, provavelmente depois de terem sido alvejados por aviões turcos F-16.

O Ministério da Defesa da Turquia disse que os aviões foram alvejados depois de um dos seus drones ter sido abatido.

O governo sírio anunciou que estava a fechar o seu espaço aéreo para voos ou drones no noroeste do país. As forças armadas da Síria disseram que as aeronaves que tentam entrar no espaço aéreo sírio devem ser tratadas com hostilidade e "abatidas".

"Qualquer jato que violar o nosso espaço aéreo será tratado como um alvo hostil que deve ser abatido e impedido de atingir seus objetivos", disse o comunicado das tropas sírias.

A província de Idlib, na Síria, faz parte do último território sírio sob o domínio de rebeldes apoiados pela Turquia. Em fevereiro, 55 soldados turcos morreram na região.

Os últimos confrontos na Síria ocorrem em meio a tensões crescentes entre a Turquia e a Rússia - os países que apoiam lados opostos da guerra civil síria.

No domingo, o Ministério da Defesa da Turquia disse que, embora o país "continue com sucesso" a sua operação militar no noroeste da Síria contra o regime apoiado pela Rússia em Damasco, o governo turco não "deseja ou tem intenção de colidir com a Rússia ".

Fórum Facebook

XS
SM
MD
LG