Links de Acesso

Força da SADC anuncia recuperação de base aos insurgentes em Cabo Delgado


Uma caravana militar das Forças de Defesa da África do Sul patrulha Pemba. 5 de Agosto 2021

A operação na fronteira da província de Cabo Delgado e da Tanzâniadeixou 17 insurgentes e um soldado da força mortos.

A Força em Estado de Alerta da Comunidade para o Desenvolvimento da África Austral (SADC) tomou no sábado, 25, a base dos insurgentes em Chitima, no distrito de Nangade, na fronteira da província de Cabo Delgado e da Tanzânia, numa operação que deixou 17 insurgentes e um soldado da força mortos.

Em comunicado a Missão da Comunidade de Desenvolvimento da África Austral em Moçambique (SAMIM, sigla inglesa), informou que outros três soldados da força ficaram feridos, mas encontram-se em recuperação.

“Ao que tudo indica, a base era comandada pelo xeque Njile North”, sublinha a nota que revela a morte de outro rebelde, em confrontos, neste domingo, 26, com um grupo de insurgentes a sul do rio Messalo, no interior da província.

Nesta última operação, foi capturado um “professor suspeito” de fazer parte da insurgência, “que está a ser interrogado”.

A SAMIM é integrada por quase três mil homens de países da SADC e está em Moçambique desde Julho a apoiar as forças do país na luta contra os insurgentes que desde Outubro de 2017 aterrorizam a província, tendo provocado cerca de três mil mortos e mais de 850 mil deslocados internos, além da suspensão de milionários projectos de exploração de gás natural.

O Ruanda também enviou um contingente de cerca de mil homens que desde Junho tem anunciado vários avanços na luta contra os terroristas.

Fórum Facebook

XS
SM
MD
LG