Links de Acesso

Forças da ONU acusadas de nada fazerem para proteger civs na RDC.


Soldado da MONUSCO

Duas pessoas foram linchadas na parte leste da Republica Democrática do Congo depois de terem sido acusadas de pertencerem a uma milícia responsável pela morte de mais de 100 civis no ultimo mês, as Forças Aliadas Democráticas

Uma mulher e um homem foram mortos pela multidão depois de munições terem sido encontradas nos seus haveres na cidade de Beni.

Entretanto o subsecretário geral das Nações Unidas para operações de paz Jean Pierre Lacroix chegou a Beni para discutir a situação na zona onde uma força de paz da ONU, a MONUSCO, tem sido acusada de nada fazer para proteger os civis.

Esta semana pelo menos sete pessoas foram mortas quando uma multidão tentou invadir a base da ONU perto da cidade.

Soldados da ONU tentam conter manifestantes em frente à sua base
Soldados da ONU tentam conter manifestantes em frente à sua base

O diplomata da ONU avistou-se já com as autoridades locais e representantes das forças militares congoleses.

A parte leste da RDC há vários anos que é cenário de violência levada a cabo pelos Forças Aliadas Democráticas , um grupo com ligações a islamitas ugandeses.

Na quarta feira 27 pessoas foram mortas elevando para 107 o numero de vitimas desde o passado dia 5 de Novembro na zona da cidade de Beni

Fórum Facebook

XS
SM
MD
LG