Links de Acesso

Feira da Huila reúne mais de 250 empresas


Lubango acolhe maior feira do Sul de Angola

Apesar da crise, empresários defendiam união da classe

Mais de 250 empresas nacionais e algumas estrangeiras expõem desta quarta-feira, 8, até domingo na 27ª edição da Expo Huíla 2018, considerada a maior bolsa de negócios do sul de Angola.

Feira do Lubango - 1:55
please wait
Embed

No media source currently available

0:00 0:01:55 0:00

Os empresários dizem-se prontos a colaborar no novo contexto do país, mas prometem continuar a denunciar as más práticas do passado, enquanto apelam à união da classe

"O país vive de momento uma nova era onde todos são chamados a participar. Os nossos governantes permitem-nos uma abertura maior pelo que devemos de forma responsável participar denunciando a continuidade de más práticas na sua maioria herdadas da anterior governação porque temos certeza que este é o único país que temos redobramos o nosso apelo a união da classe empresarial só assim seremos ouvidos", defendeu Paulo Gaspar, presidente da Associação Agro-pecuária, Comercial e Industrial da Huíla, AAPCIL.

O governador da Huíla, João Marcelino Tchipingui, entende qu,e apesar do contexto difícil, a política económica do Governo visa o crescimento sustentável.

João Marcelino Tchipingui reconheceu o papel das empresas na economia e augurou a realização de bons negócios.

"As empresas unidades básicas de produção são parte indispensável na relação com as famílias, unidades básicas de consumo e parceiros do sector público na produção de bens e serviços. Espera-se que os empresários aqui representados façam da Expo Huíla uma ocasião para realizar bos negócios e manifestem empenho no crescimento económico e social da região sul e em particular da nossa província", disse o governador.

Os sectores da banca, telecomunicações, prestação de serviços, indústria mineira a agricultura e pecuária são as presenças notáveis na maior bolsa de negócios do sul de Angola.

Fórum Facebook

XS
SM
MD
LG