Links de Acesso

FBI prende homem que pretendia fazer explodir um bomba em Washington


National Mall era o alvo

Paul Rosenfeld construiu bomba de 200 quilos para o dia das eleições, 6 de Novembro

Um homem de 56 anos foi preso nesta quarta-feira, 10, pela polícia de federal de investigação, FBI, em Nova Iorque por construir uma bomba com mais de 90 quilos de explosivos.

Os investigadores revelaram que Paul Rosenfeld pretendia fazer detonar o artefacto no National Mall, em Washington DC, no dia das eleições intercalares, 6 de Novembro.

Rosenfeld, segundo o FBI, queria chamar a atenção para uma ideologia chamada “Sortition”, que propõe que os políticos sejam escolhidos por sorteios e não através de votos.

Ele pretendia suicidar-se ao detonar a bomba, ferindo ou matando um grande número de pessoas ao mesmo tempo na capital americana

As autoridades foram avisadas do plano de Rosenfeld por um homem com quem ele teria se comunicado, mas que não se identificou.

Informações não confirmadas pelo FBI indicam que ele comprou o material pela internet e que construiu a bomba no porão da sua casa, em Tappan, no condado de Rockland, depois de fabricar e testar outros artefactos explosivos menores.

Ao fazerem uma revista à casa, os agentes do FBI encontraram a bomba de 90 quilos já pronta e em condições de ser detonada.

Ela foi levada para um local seguro onde será desmontada.

Paul Rosenfeld enfrenta, por agora, acusações de fabrico ilegal de um dispositivo destrutivo, que poderão levá-lo a uma pena de até 10 anos de prisão.

Sortition, origem na Grécia antiga

Nas cidades-Estado na Grécia antiga, e particularmente em Atenas, magistrados, membros de conselhos e de júri eram escolhidos por sorteio em vez de eleitos.

Nos últimos anos, aquele sistema político tem ganho atenção em alguns sectores, nomeadamente em Washington.

Fórum Facebook

XS
SM
MD
LG