Links de Acesso

Familiares de Kalupeteca esperam há mais de dois anos por recurso no Tribunal Supremo


José Julino Kalupeteca condenado a 28 anos de prisão

Em Luanda, querem uma audiência com o PR

Os familiares de José Julino Kalupeteca, líder da seita a Luz do Mundo, julgado e condenado a 28 anos de prisão em 2015 por rebelião, mostram-se agastados com a demora do Tribunal Supremo em responder ao recurso interposto pelos advogados de defesa.

Tribunal supremo ha mais de dois anos com processo de Kalupeteka entre mãos - 1:27
please wait

No media source currently available

0:00 0:01:27 0:00

O recurso deu entrada no tribunal há dois anos e meio e agoraos familiares estão em Luanda.

Eles querem que o Presidente da República se pronuncie sobre o caso.

Julino Katupe, um dos filhos de José Kalupeteca, diz ter feito “um esforço muito grande para se deslocar constantemente a Luanda para na tentativa de obter alguma resposta do Tribunal Supremo, mas sem qualquer resposta”.

Agora os familiares de Kalupeteca pretendem uma audiência de Joao Lourenço presidente da republica.

“Queria perguntar a João Lourençopor que que o pai está na cadeia? O que o levou de facto à prisão, estou entre a espada e a parede e não há resposta do Supremo", lamentou Julino Katupe.

José Julino Kalupeteca foi condenado a 28 anos de prisão efectiva pelas mortes ocorridas em 2014 no monte Sumi, no Huambo, onde, segundo dados oficiais, nove polícias e 13 civis perderam a vida.

Os partidos da oposição e activistas falam em centenas de mortos e, na altura, o Governo de Angola recusou uma investigação internacional pedida pelas Nações Unidas.

Fórum Facebook

XS
SM
MD
LG