Links de Acesso

Famílias desalojadas em Luanda há cinco anos ameaçam sair às ruas


Zango, Luanda, Angola

Autoridades recebem representantes de moradores no dia 23

Mais de 600 famílias assentadas no descampado entre o Zango 4 e o Calumbo dizem estar agastadas com a espera das casas prometidas há cinco anos e ameaçam agora manifestar-se em frente à sede do Governo provincial de Luanda, caso não houver uma resposta até o fim de semana.

A administração do Distrito do Zango prometeu agora receber os representantes dos moradores do Kassaka Dois na quarta-feira, 23, numa tentativa de se encontrar uma solução.

As famílias foram retiradas do Zango Três, as casas foram demolidas e elas foram atiradas para um descampado com promessas de terem novas residências em 90, mas já se passaram cinco anos,

Cansados, os moradores escreveram ao Governo provincial de Luanda que fez uma nova promessa de os retirar do local antes de começar as
chuvas deste ano.

Tal promessa não foi cumprida e agora osameaçam ir às ruas caso não haja uma solução até ao final deste ano.

"Estamos a pedir à senhora governadora Joana Lina e ao senhor Presidente da República que envie uma equipa para aqui para ver as condições precárias em que vivemos, se não fizerem isso até ao fim deste ano, nós vamos em peso ir ter com o Presidente da República ou a senhora Joana Lina”, afirmou à VOA, Fragoso Vunge, coordenador dos moradores do bairro Kassaka Dois que denunciou a morte de 13 “crianças por causa das chuvas só neste ano”.

Acompanhe a reportagem:

Famílias desalojadas em Luanda há cinco anos ameaçam sair às ruas - 2:00
please wait

No media source currently available

0:00 0:02:06 0:00


Fórum Facebook

XS
SM
MD
LG