Links de Acesso

Fórum Mulher marcha contra a violência sexual em Maputo


Fórum Mulher, Moçambique

“Queremos viver sem medo: Por um Moçambique livre de Violência Sexual” é a mensagem que o Fórum Mulher vai destacar hoje, 8 de Março, na marcha pelo Dia Internacional da Mulher, em Maputo.

Nzira Razão de Deus, directora-executiva do Fórum Mulher, diz que a marcha pretende apelar a sociedade para se empenhar na luta contra violência sexual, uniões forçadas e prematuras.

“Acima de tudo, queremos o fim da impunidade,” diz a defensora dos direitos da mulher.

Nzira Razão de Deus, directora-executiva do Fórum Mulher, Moçambique
Nzira Razão de Deus, directora-executiva do Fórum Mulher, Moçambique

Apesar das nossas campanhas atingirem todo o país, continua Razão de Deus, “é raro ouvirmos que a polícia encontrou os violadores e que serão julgados”.

Por outro lado, a marcha servirá para defender a implementação efectiva da lei de violência doméstica, que este ano completa 10 anos.

Na ocasião, diz ela, o Fórum que congrega mais de 80 organizações, vai também pedir o fim de hostilidades em Cabo Delgado, que afectam muitas mulheres e crianças. “Não é o país que queremos.”

Sem motivos plausíveis, na óptica de activistas de direitos humanos, o presidente do Município de Maputo, Eneas Comiche, havia informado ao Fórum Mulher, que a marcha não deveria ter lugar.

No despacho de “proibição” de Comiche lê-se que a marcha pode “afectar o trafego e causar congestionamento (...) e poluição sonora”.

Mas dias depois, tais argumentos foram anulados pelo próprio edil.

A marcha arranca as 9:30, na Praça da Paz, e termina duas horas depois na Praça da Independência.

Fórum Facebook

Poderá gostar também

XS
SM
MD
LG