Links de Acesso

EUA diz que Cabo Verde não está envolvido na apreensão de combustível do Irão


Embaixada dos Estados Unidos, Cabo Verde

Segundo nota da embaixada dos Estados Unidos da América na Praia, Cabo Verde não está envolvido na apreensão de combustível proveniente do Irão.

A nota enviada à redação, diz que "contrariamente ao que foi veiculado por um órgão de comunicação local cabo-verdiano, a recente apreensão e transferência de gasolina proveniente do Irão ocorreu em águas internacionais e não tem qualquer relação com Cabo Verde".

De acordo com a nota, "a operação não teve envolvimento das Forças Armadas ou da Guarda Costeira dos Estados Unidos, e nem a presença física de quaisquer autoridades norte-americanas ou a assistência de qualquer governo estrangeiro. Essa operação está relacionada com processos judiciais dos Estados Unidos e foi realizada de acordo com as normas e princípios de direito internacional."

A nota explica ainda que a apreensão foi feita "à luz de um mandato emitido por um juiz federal dos Estados Unidos em 2 de julho de 2020" e que "funcionários dos Estados Unidos contactaram os armadores da embarcação e efetuaram a transferência da carga de gasolina para outras embarcações visando o seu transporte posterior para os Estados Unidos onde decorre o processo de arresto no tribunal Norte-Americano."

Notícias veiculadas em Cabo Verde e na imprensa internacional, davam conta de que dois dos quatro navios navegavam por águas de Cabo Verde quando a administração Trump moveu a acção para a sua apreensão. Os outros terão sido apreendidos em Omã.

No total, trata-se de 1,116 milhões de barris de petróleo, transportados em quatro navios, que, com a ajuda de sócios estrangeiros que não foram identificados, estão sob custódia dos EUA.

Fórum Facebook

XS
SM
MD
LG