Links de Acesso

EUA alertam cidadãos na Tanzânia antes de repressão contra gays


Bandeira LGBT

Os Estados Unidos alertaram os seus cidadãos na Tanzânia a serem cautelosos depois do anúncio, em Dar es Salaam, de repressão à homossexualidade, que é uma ofensa criminal neste país do leste africano.

A embaixada dos Estados Unidos da América, na Tanzânia, publicou entretanto um alerta no seu site, aconselhando os norte-americanos a reverem os seus perfis nas redes sociais e noutros sites na Internet.

“Remova ou proteja imagens e linguagem que possam entrar em conflito com as leis da Tanzânia em relação a práticas homossexuais e actividade sexual explícita”, lê-se no comunicado.

O alerta diz que qualquer cidadão dos EUA que for detido ou preso deve assegurar que as autoridades da Tanzânia informem a embaixada norte-americana.

O chefe administrativo de Dar es Salaam, Paul Makonda, disse na quarta-feira que uma comissão especial procuraria identificar e punir homossexuais, prostitutas e pessoas que cometam fraude online na cidade a partir desta semana.

Fórum Facebook

XS
SM
MD
LG