Links de Acesso

EUA admitem suspender voos do Brasil ainda hoje devido ao aumento de casos da Covid-19


Robert O'Brien, Conselheiro Nacional de Segurança dos EUA

A Administração americana pode suspender ainda hoje viagens do Brasil devido ao aumento dos casos do novo coronavírus, admitiu neste domingo, 24, o Conselheiro de Segurança Nacional.

Em entrevista ao programa dominical “Face the Nation” da cadeia televisiva CBS, Robert O´Brien revelou que haverá “nova decisão hoje sobre viagens que envolvam o Brasil, como fizemos com o Reino Unido, a Europa e a China”.

"Esperamos que seja temporário, mas, devido à situação no Brasil, tomaremos todas as medidas necessárias para proteger o povo americano", acrescentou a principal autoridade em segurança nacional da Casa Branca.

Esta decisão, a ser tomada, acontece dois dias depois de o Brasil se ter transformado no segundo país com mais casos da Covid-19.

Até ontem, o Ministério da Saúde indicou que o país tinha registado 22.013 mortes e 347.398 casos da doença, mas dados das secretarias dos Estados complicados pelo porta G1 da rede Globo neste domingo indicam 22.290 mortes e 352.523 casos confirmados da doença.

Aviso de Trump

Na passada terça-feira, 19, o Presidente Donald Trump já tinha admitido que considerava impor uma proibição de entrada de passageiros do Brasil.

Este foi o segundo aviso, depois do primeiro feito a 28 de abril.

"Não quero que as pessoas venham aqui e infectem o nosso povo. Também não quero pessoas doentes lá”, afirmou na altura.

Fórum Facebook

XS
SM
MD
LG