Links de Acesso

Estudantes universitários regressam às ruas da Argélia contra recandidatura de Buteflika


Presidente concorre a um quinto mandato

Na Argélia, milhares de estudantes de várias universidades da capital, Argel, e das cidades de Oran e Constantine voltaram às ruas nesta terça-feira, 5, para mais um dia de protestos contra a quinta candidatura do presidente Abdelaziz Buteflika, de 82 anos, e no poder desde 1998.

Na capital, a polícia esteve presente em grande número no centro da cidade, uma vez que as manifestações estão proibidas desde 2001, mas optou apenas por conter os estudantes dentro de um certo perímetro, sem qualquer tipo de repressão

Buteflika, que tem a saúde debilitada desde 2013 devido a um acidente vascular cerebral, encontra-se internado num hospital na Suíça, de onde enviou no domingo uma carta a dizer que, se eleito, fará uma revisão da constituição e organizará eleições dentro de um ano para garantir uma transição pacífica.

Professores universitários decidem ainda hoje se vão avançar com uma greve e a Ordem dos Advogados pediu aos seus membros que suspendam as suas actividades.

Fórum Facebook

XS
SM
MD
LG