Links de Acesso

Estudante organiza evento em universidade italiana para reflectir sobre a independência de Angola e o contributo italiano


Kim Daniel Bengui, mestrando em Ciência da Administração Pública

Em entrevista à Voz da América, Kim Daniel Bengui, mestrando em Ciência da Administração Pública na Universidade Roma Tre, falou sobre o evento que ele está a organizar na universidade em comemoração do 43˚ aniversário da independência de Angola.

Programa do primeiro encontro de reflexão em alusão à comemoração do 43˚ aniversário da independência de Angola
Programa do primeiro encontro de reflexão em alusão à comemoração do 43˚ aniversário da independência de Angola

O encontro, intitulado “Angola Independente , 4 de Fevereiro 1961 - 11 de Novembro 1975: o contributo italiano nos 14 anos de luta anti-colonial para a conquista da independência,” irá decorrer a 12 de Novembro, às 10 horas, no Departamento de Ciências Políticas da universidade, seguido de uma exposição do material bibliográfico, informativo, cultural e artístico de Angola disponível na universidade, na sala de leitura da Biblioteca de Estudos Políticos.

Bolseira colaboradora da Biblioteca dos Estudos Políticos ajudando a seleccionar materiais online
Bolseira colaboradora da Biblioteca dos Estudos Políticos ajudando a seleccionar materiais online

“É um encontro de reflexão, onde vamos reunir historiadores para juntos refletirmos e celebrarmos a independência de Angola”.

Durante a entrevista, Bengui sublinhou que a Itália foi o primeiro país da Europa Ocidental a reconhecer a independência de Angola, factor que o motivou a organizar o evento, o primeiro do género realizado na Universiade Roma Tre.

Livros para a exposição bibliográfica sobre Angola
Livros para a exposição bibliográfica sobre Angola

“O objectivo deste encontro é reconhecer o empenho dos povos, partidos, movimentos políticos que, nos anos difíceis da luta pela libertação, se solidarizaram com a causa nacional e apoiaram Angola de forma directa e concreta no nascimento de um Estado soberano, livre e independente”.

A abertura do programa começa com saudações e boas vindas do professor Francesco Guida, director do Departamento de Ciências Políticas da Universidade Roma TRE e do Embaixador de Angola na Itália, Florêncio de Almeida. Kim Daniel Bengui, VSC da Biblioteca de Estudos Políticos e director administrativo da ACFIP, é o moderador do encontro

Kim Daniel Bengui com o professor Giorgio de Marchis, coordenador da cátedra Agostinho Neto
Kim Daniel Bengui com o professor Giorgio de Marchis, coordenador da cátedra Agostinho Neto

Haverá intervenções de Giorgio de Marchis, director do Departamento de Língua, Literatura e Cultura Estrangeira da Universidade Roma TRE e coordenador da cátedra Agostinho Neto; Issau Agostinho, doutor em Estudos Políticos e História das Relações Internacionais, investigador CEAUP; Leopoldo Nuti, professor ordinário de História das Relações Internacionais na Universidade Roma TRE; Carlos Amaral, Ministro conselheiro e Vice-Representante da FAO, FIDA E PAM; Alessandro Volterra, professor de História e Instituições de África na Universidade Roma TRE.

Reunindo os livros sobre Angola para a mostra bibliográfica na Biblioteca de Estudos Políticos
Reunindo os livros sobre Angola para a mostra bibliográfica na Biblioteca de Estudos Políticos

“Este evento é importante para os estudantes italianos porque além de celebrar o aniversário de independência [de Angola], é uma forma de promover o espírito patriótico e levar o nome de Angola além fronteiras”.

Para saber mais sobre o evento visite a página do Facebook da Associazione Cultura e Formazione "Io Posso" - A.C.F.I.P.


Confira a entrevista!

Entrevista com Kim Daniel Bengui
please wait

No media source currently available

0:00 0:06:50 0:00

Fórum Facebook

XS
SM
MD
LG