Links de Acesso

Estados Unidos saúdam decisão de Joseph Kabila de não concorrer


Heather Nauert, porta-voz do Departamento de Estado

Departamento do Estado pede eleições livres e transparentes na República Democrática do Congo

Os Estados Unidos saudaram nesta quinta-feira, 9, a decisão do Presidente da República Democrática do Congo, Joseph Kabila, de não concorrer a um terceiro mandato e afirmam que a decisão do partido no poder de nomear outro candidato representa um passo significativo para a democracia congolesa.

A porta-voz do Departamento de Estado, Heather Nauert, disse que o Governo americano sente-se encorajado com o facto de o Presidente Kabila pretender respeitar a Constituição e os termos do acordo de São Silvestre de Dezembro de 2016.

Para Nauert, o povo congolês deve ser livre para escolher os seus dirigentes sem medo de violência, ameaças ou intimidação e afirmou que os Estados Unidos esperam eleições livres e transparentes em 23 de Dezembro de 2018."

Fórum Facebook

XS
SM
MD
LG