Links de Acesso

Estados Unidos libertam o mais antigo prisioneiro da base de Guantánamo


Prisão de Guantánamo
Prisão de Guantánamo

Os Estados Unidos libertaram e transferiram para o Paquistão o mais antigo prisioneiro do centro de detenção secreto da Baía de Guantánamo, administrado pelos Estados Unidos, em Cuba.

Um breve anúncio do Ministério das Relações Exteriores do Paquistão neste sábado, 29, confirmou alô repatriamento de Saif Ullah Paracha, de 74 anos de idade, para o seu país de origem.

“Estamos felizes que um cidadão paquistanês detido no exterior finalmente se reencontrou com sua família”, lê-se no comunicado.

O Departamento de Defesa dos Estados Unidos também confirmou o que descreveu como uma “transferência responsável” de Paracha, e disse que sua detenção “não era mais necessária para proteger contra uma ameaça significativa contínua” à segurança dos Estados Unidos.

O cidadão paquistanês estava entre os cerca de 40 homens actualmente detidos na prisão secreta dos EUA e encontrava-se muito doente.

A polémica prisão de Guantánamo já abrigou centenas de supostos militantes capturados pelas forças americanas no Afeganistão durante a “guerra ao terror” de Washington contra a rede terrorista estrangeira Al-Qaeda, após os ataques da organização liderada por Osama bin Laden a 11 de Setembro de 2001.

Fórum

XS
SM
MD
LG