Links de Acesso

Secretário de Defesa americano diz que país deve manter acordo com o Irão

  • Redacção VOA

Jim Mattis ouvido no Senado

Jim Mattis admite ser do interesse dos Estados Unidos

O secretário americano da Defesa, Jim Mattis, disse nesta terça-feira, 3, que o Presidente Donald Trump deve considerar permanecer no acordo nuclear com o Irão, que, para ele, é de interesse nacional.

A expressão de apoio de Mattis ao acordo de limitação do programa nuclear do Irão de 2015 aparece em contraste com a avaliação de Trump de que o pacto é "vergonhoso para os Estados Unidos".

"Se pudermos confirmar que o Irão está a respeitar o acordado, se pudermos determinar que isto está dentro dos nossos melhores interesses, então com certeza deveríamos permanecer", disse Mattis ao Comité de Serviços Militares do Senado.

"Acredito que, neste momento, sem uma indicação no sentido contrário, o Presidente deveria considerar ficar", declarou.

Donald Trump deve notificar o Congresso a cada 90 dias se acredita que o Irão está a cumprir o acordo e sobre as sanções contra Teerão, conforme previsto no acordo.

O Presidente chegou a certificar que o Irão está a cumprir o pacto, mas indicou que o próximo prazo de 15 de Outubro será crucial.

O Irão e os demais signatários - China, Rússia, França, Grã-Bretanha e Alemanha - defendem o acordo como garantia dos fins pacíficos e não-militares do programa nuclear de Teerão.

Fórum Facebook

XS
SM
MD
LG