Links de Acesso

Estados Unidos formalizam saída da OMS a partir de 2021


Donald Trump

O Governo americano informou ao Congresso e à Organização das Nações Unidas (ONU) nesta terça-feira, 7, ter iniciado formalmente o processo de saída do país da Organização Mundial da Saúde (OMS), a partir de 6 de julho de 2021.

"O aviso de retirada dos Estados Unidos, a 6 de julho de 2021, foi submetido ao secretário-geral da ONU, que é o depositário da OMS", revelou o Departamento de Estado americano, tendo as Nações Unidas confirmado a recepção do documento.

O Presidente Donald Trump anunciou a saída da OMS a 29 maio e disse que colocaria os recursos disponibilizados à organização noutras iniciativas.

Ele acusou a OMS de ter sido "pressionada" pela China para dar "orientações erradas" ao mundo sobre o novo coronavírus.

"O mundo sofre agora os resultado dos erros do Governo chinês", sustentou o Presidente Trump.

A ruptura com a OMS surge depois de uma série de desentendimentos entre a organização e Washington.

Em abril, Trump anunciou a suspensão da verba à à OMS e acusou a China de estar à frente das decisões da OMS mesmo que o financiamento de seja muito inferior ao dos Estados Unidos.

Fórum Facebook

XS
SM
MD
LG