Links de Acesso

Estados Unidos ajudam a iluminar 92 unidades sanitárias em Sofala 


Instalação de um sistema eléctrico, USAID, Sofala

E apoia o tratamento da tuberculose

O Governo dos Estados Unidos vai investir 320 mil dólares para fornecer electricidade a 92 unidades sanitárias na província de Sofala.

Uma nota da Embaixada dos EUA em Maputo diz que o programa Power Africa da Agência dos Estados Unidos para o Desenvolvimento Internacional (USAID) concedeu um donativo à empresa de energias renováveis SolarWorks! Moçambique, que vai implementar a iniciativa.

"Com um modesto financiamento do Governo dos E.U.A., podemos incentivar o envolvimento do sector privado como este, o que melhorará os serviços de saúde para milhares de pessoas na província de Sofala,” disse o O Embaixador dos E.U.A. em Moçambique, Dennis W. Hearne.

Os sistemas eléctricos movidos a energia solar fora da rede serão instalados em unidades sanitárias rurais, o que vai permitir cuidados de qualidade a cerca de 138 mil pessoas, diz a nota.

Um das vantagens da instalação de tais sistemas é o potencial de melhoria de serviços de partos.

A SolarWorks! Moçambique vai instalar os sistemas em coordenação com a direcção saúde de Sofala, província que tem 90% das suas unidades sanitárias sem electricidade regular.

Máquinas de Raio X

A área de saúde é uma das prioridades dos Estados Unidos na ajuda a Moçambique, tendo recentemente, por via da USAID, feito a entrega de cinco máquinas de raios X de última geração para rastreio e diagnóstico avançado da tuberculose (TB) ao Ministério da Saúde.

A referida doação inclui sistemas radiológicos digitais, que serão colocados em unidades de saúde em Mandimba, Niassa; Angoche, Nampula; Cidade de Maputo; Beira, Sofala; e Alto Molócue, Zambézia.

A TB é a quinta principal causa de morte em Moçambique.

O Governo americano diz que está empenhado em colaborar com Moçambique para acabar com a TB, e investirá 18 milhões de dólares para a detecção, diagnóstico e tratamento da TB em Moçambique em 2021.

Martin McLaughlin, entrega, simbolicamente, as máquinas digitais de raios X ao Ministro da Saúde, Dr. Armindo Tiago
Martin McLaughlin, entrega, simbolicamente, as máquinas digitais de raios X ao Ministro da Saúde, Dr. Armindo Tiago

"A chave para acabar com a tuberculose em Moçambique e em todo o mundo é tanto clínica como social", disse o director adjunto da USAID Martin McLaughlin.

Anualmente, os EUA disponibilizam mais de 500 milhões de dólares em assistência anual para melhorar a qualidade da educação e dos cuidados de saúde, promover a prosperidade económica, e apoiar o desenvolvimento de Moçambique.

Fórum Facebook

XS
SM
MD
LG