Links de Acesso

Erupção de vulcão na República Democrática do Congo deixou 15 mortos e milhares fugiram


Residentes deixam as suas casas em Goma

Pelo menos 30 mil pessoas deixaram as suas casas e mais de 500 residências foram destruídas

Um dia após a entrada em erupção do vulcão no monte Nyiragongo, na República Democrática do Congo (RDC), as autoridades informaram neste domingo, 23, que 15 pessoas morreram, cerca de 30 mil fugiram das suas casas e mais de 500 residências foram destruídas pelas lava.

O fenómeno, que começou no sábado, gerou caos na cidade de Goma e arredores, região onde vivem cerca de 2 milhões de pessoas.

Milhares de pessoas fugiram para o vizinho Ruanda.

Vulcão entra em erupçao em Goma, RD Congo
please wait

No media source currently available

0:00 0:00:59 0:00

O Fundo das Nações Unidas para a Infância (Unicef) informou que 170 crianças estão desaparecidas e 150 estão desacompanhadas mas em lugar seguro.

"Ainda não é claro quantos agregados foram afectados pela erupção no território do Nyiragongo, a norte de Goma. Muitas crianças na zona próxima do aeroporto de Goma foram deixadas sem casa e sem meios de sustento", acrescentou aquela agência das Nações Unidas, que anunciou o envio de uma equipa de assistência imediata para as áreas de Sake, Buhene, Kibati e Kibumba.

"As pessoas ainda estão em pânico e passam fome. Não sabem nem onde vão passar a noite", disse na tarde de domingo Alumba Sutoye, um dos moradores, à agência AP.

O centro de Goma não foi atingido pelas lavas, mas o ar da cidade ficou difícil de respirar por causa das cinzas.

Em 2002, o mesmo vulcão entrou em erupção e provocou a morte de centenas de pessoas e, pelo menos, 100 mil ficaram desabrigadas.

Fórum Facebook

XS
SM
MD
LG