Links de Acesso

Embaixadora americana na ONU diz que EUA condenam "qualquer ataque terrorista" e aconselha Irão a "olhar dentro de casa"


Nikki Haley, embaixadora americana nas Nações Unidas

A embaixadora americana nas Nações Unidas, Nikki Haley, condenou neste Domingo, 23 de Setembro, o atentado cometido ontem durante uma parada militar na localidade de Ahvaz, no sudoeste do Irão.

"Os Estados Unidos condenam qualquer ataque terrorista não importa onde. Ponto", disse Nikki, ao ser questionada pela rede americana CNN na primeira reacção americana após o ataque.

Teerão acusou um "pequeno" Estado do Golfo de estar por trás do ataque.

Presidente do Irão responsabiliza separatistas árabes por atentado


"Todos esses países pequenos que vemos na região são apoiados pelos Estados Unidos. São encorajados pelos americanos", disse o Presidente iraniano, Hassan Rohani, que vai estar na Assembleia Geral da ONU esta semana, em Nova Iorque.

Rohani afirmou que os Estados Unidos financiam esses "pequenos países" e que Donald Trump vai falhar como Saddam Hussein.

A embaixadora Haley respondeu ao comentário de Rohani dizendo que o Presidente iraniano deve "olhar para dentro da sua casa", onde "enfrenta muitos iranianos que têm protestado", acrescentando que o Rohani "oprime o seu povo há muito tempo".

Os Estados Unidos retiraram-se em Maio do acordo de 2015 sobre a questão nuclear iraniana e restabeleceram as suas sanções contra a República Islâmica, afirmando que querem exercer "pressão máxima" para cessar actividades "desestabilizadoras" do Irão no Médio Oriente.

No Sábado, 22 de Setembro, o Irão sofreu um atentado a tiros durante uma parada militar que marcava o 38º aniversário da Invasão do Iraque no Irão. O atentado causou 29 mortos e 57 feridos.

Fórum Facebook

XS
SM
MD
LG