Links de Acesso

Covid-19: Em campanha eleitoral, Cabo Verde regista aumenta de casos e Angola bate recorde


Praça Avo Kumbi em Luanda, abril 2020

Moçambique continua a ser o país lusófono em África com mais casos

Em Cabo Verde, em plena campanha eleitoral para as autárquicas do dia 25, e com muitas críticas aos partidos pela aglomeração que têm provocado, o Ministério da Saúde revelou no sábado, 10, mais 104 novos infetados pelo novo coronavírus e um óbito.

No total, o arquipélago tem 6.913 casos acumulados, enquanto o número de mortes ascende a 74.

Angola, que continua a liderar em número vítimas mortais entre os países lusofonos em África, registou ontem mais sete mortos, aumentando o total para 218 vítimas mortais.

O secretário de Estado de Saúde Pública, Franco Mufinda, indicou que apenas em 24 horas houve um recorde de 215 infeções.

O total de casos acumulados chegou a 6.246.

Recorde-se que na sexta-feira, o governador do Uige, Sérgio Luther Rescova morreu vitima da covid-19, enquanto desde ontem está internado o ministro da Industria e Comércio, Victor Fernandes.

Moçambique com mais 102 casos anunciados ontem, continua a ser o lusofono em África com mais infecoes, 9.844.

Com mais uma morte, o total de vítimas mortais ascende a 80.

Guiné-Bissau mantém desde a passada segunda-feira 2.385 casos e São Tomé e Príncipe 921 casos.

Fórum Facebook

XS
SM
MD
LG