Links de Acesso

Eleições Americanas: Biden angaria mais fundos do que Trump em setembro


Presidente Trump (dir) candidato Biden (esq)

O Presidente Donald Trump foi superado pelo democrata Joe Biden em setembro e financeiramente o seu rival está com vantagem, a apenas algumas semanas para o dia da eleição.

A campanha de Trump, junto com o Comité Nacional Republicano e grupos associados, arrecadou 247,8 milhões de dólares em setembro, abaixo dos 383 milhões de dólares arrecadados por Biden e o Comité Nacional Democrata no mesmo período.

O diretor de comunicação da campanha de Trump, Tim Murtaugh, twittou que o esforço de Trump tinha 251,4 milhões de dólares em mãos no final de setembro, em comparação com 432 milhões de dólares para Biden.

A desvantagem financeira de Trump já foi impensável - os presidentes em exercício tradicionalmente superam os seus rivais - e representa um desafio para as suas perspectivas de reeleição.

A campanha do Presidente estava a apostar numa conta bancária bem abastecida para cobrir os anúncios de Trump na televisão/rádio e online. Mas na semana passada ele foi superado pelos anúncios de Biden, cuja campanha gastou mais 10 milhões de dólares que Trump, de acordo com a empresa de monitoramento de anúncios Kantar / CMAG.

"O Presidente Trump atinge a reta final com força, recursos, recorde, necessário para espalhar a mensagem e garantir a reeleição", twittou Murtaugh.

A angariação de fundos de Biden beneficiou de um aumento no entusiasmo dos doadores após a morte da juíza do Tribunal Supremo, Ruth Bader Ginsburg, e o desempenho amplamente criticado de Trump no primeiro debate presidencial.

Fórum Facebook

XS
SM
MD
LG