Links de Acesso

Eleições adiadas para 30 de Dezembro na RDC


Violência marcou a campanha eleitoral

Pleito estava previsto para domingo, 23

As eleições previstas para domingo, 23, na República Democrática do Congo foram adiadas para o dia 30, por agora, revelaram fontes em Kinshasa.

A informação foi avançada pelo presidente da Comissão Eleitoral, Corneille Nangaa.

Antes, numa reunião com representantes das candidaturas, Nangaa tinha citado como principal causa para o adiamento da eleições, um incêndio que destruiu centenas de máquinas de votação na capital na semana passada.

Previstas inicialmente para 2016, as eleições foram já adiadas duas vezes, e, além de presidenciais, irão ainda permitir a escolha de representantes parlamentares a nível nacional e provincial.

A 13 de dezembro, oito mil urnas eletrónicas e outros equipamentos eleitorais ficaram destruídos num incêndio num dos principais armazéns da Comissão Eleitoral em Kinshasa.

A organização não-governamental Associação Congolesa de Acesso à Justiça revelou que pelo menos 10 pessoas forammortas desde o início da campanha a 22 de Novembro.

Observadores admitem que esse adiamento pode favorecer o candidato do Governo ou o próprio Joseep Kabila, no poder há mais de 10 anos e que, em caso de vacatura do poder, pode manter-se na Presidência.

Fórum Facebook

XS
SM
MD
LG