Links de Acesso

Duas pessoas hospitalizadas depois de entrarem em contacto com susbtância desconhecida


Incidente acontece perto de Salisbury onde agente russo foi envenenado

Polícia não avança detalhes, mas a imprensa fala em envenenamento

A polícia britânica revelou nesta quarta-feira, 4, um “grave incidente” na cidade de Amesbury após duas pessoas serem encontradas inconscientes.

A corporação indicou que elas “podem ter sido expostas a uma substância desconhecida”.

A imprensa britânica levanta a suspeita de que as vítimas tenham sido envenenadas.

A polícia do condado de Wiltshire acrescentou em comunicado que as vítimas são um homem e uma mulher, de aproximadamente 40 anos, mas não revelou as suas identidades.

Elas permanecem internadas em estado grave no hospital Salisbury District, em Wiltshire, o mesmo em que foram tratados o antigo espião russo Sergei Skripal e sua filha Yulia.

Aliás a cidade fica ao lado de Salisbury, onde eles foram envenenados em Março com um agente neuro-tóxico.

Depois do alerta, a polícia e os serviços de emergência suspeitaram que elas teriam tomado drogas ilíticas, mas depois a polícia de Wilshire "considerou tratar-se de um grave incidente", acrescentando, no entanto, que "até o momento não está claro se um crime foi cometido".

O editor de política do jornal "Sun", que cita fontes da Defesa, afirma que as duas vítimas foram envenenadas e que amostras foram levadas a militares britânicos para pesquisa.

A Saúde Pública da Inglaterra (PHE, sigla em inglês) disse não acreditar que haja "um risco importante à saúde" da população, embora admita que essa posição pode ser revista.

Fórum Facebook

XS
SM
MD
LG