Links de Acesso

Donald Trump quer convidar Vladimir Putin a visitar a Casa Branca


Donald Trum e Vladimir Putin. 16 de Julho, 2018, em Helsínquia

O Presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, rejeitou a proposta do Presidente da Rússia, Vladimir Putin, para que autoridades russas tivessem permissão de interrogar cidadãos norte-americanos, informou a Casa Branca na quinta-feira, 19 de Julho, após a oferta gerar fortes críticas nos EUA.

Mais controvérsias

Quatro dias depois da cimeira de Helsínquia, Trump pediu ao seu conselheiro para a Segurança Nacional, John Bolton, que convide o Presidente russo para visitar Washington no Outono, disse a Casa Branca

Sobre a cimeira de Helsínquia, Trump disse ter sido muito produtiva, mas não esclareceu se foram discutidos quaisquer tipo de acordos.

Vladimir Putin fala em reunião com embaixadores russos em Moscovo. 19 de Julho, 2018.
Vladimir Putin fala em reunião com embaixadores russos em Moscovo. 19 de Julho, 2018.

No entanto, na Rússia, Putin disse que havia uma proposta entre os dois países para permitir que autoridades dos EUA observassem interrogatórios feitos por autoridades russas dos russos indiciados, em troca de permitir que investigadores russos questionassem norte-americanos sobre outros assuntos, especificamente mencionando um caso envolvendo o investidor sediado em Londres Bill Browder, que foi investidor na Rússia.

Trump chamou a ideia, na segunda-feira, de “uma oferta incrível”. A Casa Branca informou na quarta-feira que Trump considerava a proposta, gerando amplas críticas de colegas republicanos, assim como de democratas.

A Casa Branca fez o anúncio enquanto o Senado dos EUA se preparava nesta quinta-feira para votar uma resolução colocando o Congresso em oposição a permitir que quaisquer autoridades norte-americanas fossem interrogadas pela Rússia. O Senado - controlado pelos republicanos de Trump - aprovou por unanimidade a reslução.

Fórum Facebook

XS
SM
MD
LG