Links de Acesso

Dois polícias mortos em ataque em Moçambique


Dois dirigentes da Frelimo sequestrados no ataque em Sofala

Dois agentes da Polícia da República de Moçambique (PRM) foram mortos a tiros, nesta terça-feira, 29, durante um novo ataque contra um posto de em Metuchira, uma zona do interior de Nhamatanda, na província de Sofala disseram à VOA testemunhas.

Dois secretários de zona da Frelimo foram raptados durante o ataque que ocorreu cerca das por volta das 5 horas locais.

A policia de Sofala destacou um contigente para o local.

Balas usadas para atacar Posto Policial de Metuchira
Balas usadas para atacar Posto Policial de Metuchira


O grupo, ainda desconhecido, invadiu com disparos o posto policial de Metuchira, a cerca de 12 quilómetros, para o interior, da Estrada Nacional seis (N6) – que liga o porto da Beira aos países africanos do interior – tendo levado o armamento no local.

Este é o quarto ataque esta semana de autoria desconhecida, mas que sugere uma intensificação das suas incursões, que já provocaram nove mortos e vários feridos desde Agosto, segundo autoridades moçambicanas.

A PRM responsabilizou a autoproclamada Junta Militar da Renamo, formada por dissidentes Renamo pelos os últimos ataques, mas o seu líder Mariano Nhongo refutou qualquer responsabilidade.

Fórum Facebook

XS
SM
MD
LG