Links de Acesso

Dois polícias moçambicanos mortos em incidente com militares sul-africanos em Ponta d´Ouro


Investigações estão em curso dos dois lados

Dois agentes da Polícia da República de Moçambique (PRM) morreram no domingo, 17, no extremo sul da província do Maputo, alegadamente devido a uma confrontação armada com militares sul-africanos.

O incidente registou-se na região da Ponta D'Ouro, onde os dois agentes estavam afectos à chamada Guarda da Fronteira.

Em Maputo, a Polícia da República de Moçambique, informou hoje, 17 de Junho, que uma delegação foi enviada ao país vizinho para apurar as causas do incidente.

A direcção de Comunicações do Ministério sul-africano da Defesa e Veteranos Militares emitiu um curto comunicado confirmando a ocorrência do incidente que envolveu elementos das Forcas Armadas de Defesa Nacional da África do Sul, e Policias de Guarda-fronteira de Moçambique.

Mas do lado sul-africano não houve vitimas.

O comunicado que a VOA teve acesso em Joanesburgo indica que o incidente ocorreu na área de Ndumo, zona leste de Farazella, província sul-africana de Kwazulu-Natal, ao longo da linha de fronteira com Moçambique.

De acordo com o documento, os soldados sul-africanos estavam numa patrulha de rotina integrada na protecção da fronteira quando se envolveram com elementos da Policia moçambicana.

Entretanto, a Policia da República de Moçambique diz que a troca de tiros ocorreu do lado moçambicano, desconhecendo ainda as causas

A região tem sido usada por ladrões para passagem de viaturas de luxo roubadas na África do Sul.

Cidadãos sul-africanos já exigiram a construção de muro de betão para evitar a passagem de carros roubados, mas os líderes sul-africanos ignoraram o pedido prometendo maior proteçãpoo da fronteira.

As duas partes estão a investigar o incidente.

Fórum Facebook

XS
SM
MD
LG