Links de Acesso

Director da empresa de água e energia pede desculpas aos guineenses


Cidade de Bissau, capital da Guiné-Bissau

René Barros diz que venda é inferior aos custos de produção

O director-geral da empresa de Eletricidade e Águas da Guiné-Bissau (EAGB) pediu desculpas aos consumidores pelos transtornos causados pela falta de fornecimento de energia nos últimos dias.

A cidade de Bissau esteve três dias sem água nem energia eléctrica.

"Estamos a sair de uma produção quase inexistente, que dava só para fornecer água, e neste momento estamos com 15 megawatts e alimentar aquela central é muito difícil", disse René Barros, após um encontro com o primeiro-ministro Aristides Gomes.

Barros afirmou que a empresa procura encontrar uma solução definitiva e lembrou que a venda do produto não cobre os custos de produção.

Crise de luz e água em Bissau - capital guineense às escuras há três dias
please wait

No media source currently available

0:00 0:01:58 0:00

Fórum Facebook

XS
SM
MD
LG