Links de Acesso

Deputado são-tomense acusado de assassinato de cambista fica em prisão preventiva


Parlamento de São Tomé e Principe

O Tribunal da Primeira Instância de São Tomé e Príncipe decretou nesta terça-feira, 17, a prisão preventiva do deputado do MLSTP-PSD, Deolindo da Mata, que baleou, ontem, mortalmente um cambista em frente à sede da Polícia Judiciária (PJ).

Esta medida de coação foi pedida pelo Ministério Publicou e aplicada pelo juíz após o primeiro interrogatório ao arguido.

Deolindo da Mata, do partido no poder, o MLSTP-PSD, fica em prisão preventiva acusado de um crime de homicídio qualificado e outro de tentativa de homicídio, pelo fato de ter disparado também contra um segundo cambista que foi em socorro do colega baleado mortalmente.

Mata incorre numa pena de prisão de 20 a 25 anos.

Cambistas, motoqueiros, vendedores ambulantes, familiares e amigos da vitima saíram à rua hoje feira em protesto contra o crime.

O cambista assassinado terá apresentado à polícia uma queixa contra o deputado por por uma divida de dezenas de milhares de dobras.

Fórum Facebook

XS
SM
MD
LG