Links de Acesso

Deputado do MPLA defende introdução de pena de morte


Monteiro Kapunga, deputado do MPLA

Em causa o alto nível de violência em Angola

O deputado do MPLA, Monteiro Kapunga, defendeu a inclusão no código penal em discussão na Assembleia Nacional da pena de morte por causa do elevado índice de violência que se regista no país.

O parlamentar, na discussão de especialidade do diploma, admitiu levar avante a ideia da realização de um referendo para a inclusão da referida medida.

Em em declarações à VOA, Kapunga disse que a regra deve ser extensiva aos corruptos do país.

“Se um dia houver uma direcção que muda a constituição para a pena de morte este país volta aos canais”, disse o deputado da maoria defendendo que tal é necessário ao país.

“Um país a ter esta certeza que quem mata também é morto, quem rouba também lhe dão o que ele merece, eu sei que isso vai ficar direito”, sustenou Monteiro Kapunga, para quem “é preciso pôr as leis a funcionar, porque as leis não funcionam”, justificou.

Posiçao contrária, no entanto, tem o jurista Benja Satula, para quem não se combate a criminalidade com a execução de pessoas e lembra que Angola integra instrumentos internacionais que combate a pena de morte.

“Primeiro, a constituição proíbe a pena de morte e para adoptarmos tal medida tínhamos que alterar a constituição, o que antevejo pouco provável”, sustentou o jurista.

Fórum Facebook

XS
SM
MD
LG