Links de Acesso

Denúncias de irregularidades na repetição de eleição municipal em Marromeu


Afixação de editais alegadamente falsos na origem das denúncias

Eleitores na cidade de Marromeu, na província de Sofala, foram às urnas ontem na repetição da eleição autárquica de 10 de Outubro, que foi marcada por irregularidades.

Informações no local indicam novas irregularidades.

Entre elas, após o fecho da votação e apuramento nas mesas foram colados falsos editais nos lugares destinados para tal.

Dados provisórios dos órgãos eleitorais divulgados nesta sexta-feira, 23, atribuem vitória à Frelimo.

Entretanto, uma contagem paralela, à boca da urna, feita por dois grupos de observadores atribui a vitória a Renamo.

Entre outros ilícitos fontes da VOA apontam a tentativa de eleitores em votar duas vezes e com recurso ao Bilhete de identidade, apesar dos seus nomes não constarem do caderno eleitoral.

O dia de ontem também registou outros incidentes como a agressão a dois jornalistas do canal privado de televisão STV por um suposto agente da Polícia da República de Moçambique (PRM) à paisana, e a remoção de um presidente de mesa que é membro da Frelimo.

Não houve ainda qualquer pronunciamento oficial das autoridades eleitoais.

O Conselho Constitucional mandou repetir a eleição municipal de 10 de Outubro, em Marromeu, ganha pelo Frelimo devido a irregularidades.

Fórum Facebook

XS
SM
MD
LG