Links de Acesso

Democratas querem divulgar réplica ao memorando republicano que critica FBI e Ministério da Justiça


Devin Nunes, chefe do Comité de Inteligência da Câmara

Comité de Inteligência da Câmara dos Deputados analisam documento na segunda-feira

O Comité de Inteligência da Câmara dos Deputados dos Estados Unidos vai analisar nesta segunda-feira, 5, se divulga a réplica democrata a um memorando republicano divulgado pelo Presidente Donald Trump em que critica a polícia federal FBI e o Ministério da Justiça.

A agência Reuters, que cita duas fontes democratas, diz que o comité, que divulgou na sexta-feira, 2, o documento republicano, decidirá se deve retirar o sigilo do memorando dos democratas, que destacam falhas e outras deficiências no texto republicano.

O memorando divulgado pelos republicanos, depois de sancionado pelo Presidente Trump que retirou determinados aspectos do documento, acusa autoridades federais de abusar da sua autoridade quando pediram permissão para investigar Carter Page, ex-assessor de Trump, sobre laços com a Rússia e um suposto conluio durante a campanha presidencial.

Também afirma que o vice-procurador-geral, Rod Rosenstein, que supervisiona o procurador especial Robert Mueller, à frente da investigação, aprovou o prolongamento da investigação sobre Page em 2017.

Os democratas do Comité de Inteligência da Câmara classificaram o documento como "um esforço vergonhoso de descreditar" o FBI, o Ministério da Justiça e a investigação federal sobre os supostos laços com a Rússia.

Democratas afirmam que o objectivo dos republicanos é afastar o vice-director do FBI e o procurador especial Robert Muller e acabar com a investigação sobre a interferência da Rússia nas eleições de 2016.

Fórum Facebook

XS
SM
MD
LG