Links de Acesso

Demissão de secretário-geral não resolve divisões na FNLA


Lucas Ngonda, FNLA

A FNLA um partido histórico de Angola continua profudamente dividido entre várias facções e a recente demissão do secretário geral do grupo liderado por Lucas Ngonda não serviu para aliviar as tensões.

Lucas Ngonda, demitiu hápoucos dias Pedro Mocombe Dala do cargo de secretário geral do partido por alegada traicção substituindo-o provisóriamente por Aguiar António Laurindo .

Presistem as divisoes dentro da FNLA - 2:13
please wait

No media source currently available

0:00 0:02:46 0:00


Isto não parece ter resolvido as tensões existentes e em Malanje por exemplo entre os quadros da FNLA há divisão enter os militanres com alguns a afirmarem que Lucas Ngondo e a sua direção são os únicos que pode m garantir coesão interna.

Por outro lado o membro do comité central desta fação da FNLA pela província de Malanje, Augusto Kimujinga Pinto, disse esta quarta-feira, 2,que Ngonda e os quadros de direcção são os únicos que podem garantir coesão interna e unificação do partido.

Augusto defendeu a destituição do então secretário-geral, Pedro Macombe Dala afirmand que este“é um elemento que foi exonerando os membros que os representavam nas províncias por telefone, limitando-se a ouvir boatos sem confirmação da matéria política”.

“Um dirigente não pode ser assim, chamou-se atenção várias vezes nas reuniões do comité centrale calou-se”, disse.

Já Jacinto Cabanda Dalaque é secret’ario provincial da fação de Ngola Cabando disse que súm congresso de unidade pode acabar com a confusão que reina na organização.

Ele culpou isso no “mau trabalho do senhor Lucas Ngonda”

“Nós pretendemos a unificação e vamos num congresso único, este é o ponto de vista dos militantes aqui em Malanje”,disse

Fórum Facebook

XS
SM
MD
LG