Links de Acesso

Dany Mariano, meio século de música


Compositor e intérprete cabo-verdiano fala da sua carreira

Tem cerca de 52 anos de carreira, iniciada aos 11 anos de idade, integrou um dos mais conhecidos grupos musicais de Cabo Verde, The Kings, que deixou uma marca importante, principalmente no período pré e pós-independência do país.

Compositor de méritos reconhecidos, com temas imortalizados por nomes sagrados da música cabo-verdiana, e intérprete, Dany Mariano lançou no ano passado o seu primeiro CD com o seu nome.

Quarenta anos antes, ele tinha gravado o então LP, Raízes.

"Ondas de Bo Corpo", "Mi é Dodu na Bo Cabo Verde", "Na Estrada de Europa", "Sundy", "Mulata Coca-Cola" são alguns dos temas de "Dany Mariano", que incluiu apenas composições dele, sendo uma delas, "Nha amiga", feita juntamente com um dos maiores trovadores das ilhas, Manuel d´Novas.

Dany Mariano, do vinil ao CD
Dany Mariano, do vinil ao CD

"Comecei a tocar bateria com 11 anos de idade e, como sempre gostei de música, passei a tocar violão quando um colega do grupo "Os Metralhas", imigrou", conta Mariano, que, depois de uma breve passagem por outro grupo, chegou ao The Kings, uma referência da música cabo-verdiana.

Nas suas composiçóes, processo que inicia "com a letra e depois vem a música", sempre com recurso à guitarra, assume-se como tendo recebido influências, "como toda a pessoa em qualquer ponto no mundo".

Entretanto, garante que, como defendeu Lavoisier, "tudo se transforma" e por isso, apesar das influências, "nunca copio", diz o artista.

No programa "Artes", da VOA, Dany Mariano fala sobre a sua carreira, o seu processo de criação, com mais de 30 composições e a música cabo-verdiana.

Ouça aqui:

please wait

No media source currently available

0:00 0:17:02 0:00

Fórum Facebook

XS
SM
MD
LG