Links de Acesso

D. Oscar Braga lembrado como “lição da vida”


Bispo Antonio Jaka (esquerda) e Bispo emerito Oscar Braga

O Bispo Emérito de Benguela D. Oscar Braga vai a enterrar esta sábado, informou o bispo dessa diocese Fancisco Jaka numa altura em que continuam a ser ouvidos elogios à integridade e honestidade do falecido Bispo Emérito.

Após a morte de D. Oscar esta semana o presidente João Lourenço prestou homenagem O clérigo numa mensam em que o descreve como "homem integro e patriota convicto" dedicado ao amor ao próximo à valorização da familia, à defesa da criança, da mulher e dos mais vulneráveis.

José Inácio um dos mais de trezentos padres ordenados por Dom Óscar Braga, lembru que a defesa dos pobres e a luta pelo resgate do património da Igreja Católica ainda em posse do estado.

Padre Jose Inacio - vigario judicial de Benguela
Padre Jose Inacio - vigario judicial de Benguela

‘’As boas obras devem prevalecer, os bons exemplos”, disseInácio para quem “Dom Óscar não foi um bom exemplo, foi uma lição de vida”.

“A defesa dos pobres não foi uma maneira de dizer, foi maneira de viver’’, acrescentou José Inácio que disse que ele e outros vão continuar a lutar pelo resgate do património da igreja.

“Esse património não morre, não vai com ele, vamos à luta apesar da dor’’, garantiu o prelado.

Já o político Abílio Kaúnda, secretário provincial da UNITA, disse que “Dom Óscar Braga sempre fez sentir a sua voz em defesa dos humilhados, que são os pobres”.

A vice-governadora provincial para a área social e política, Deolinda Valiangula, reconheceu ser uma obrigação preservar a obra do Bispo Emérito de Benguela.

“Foi uma pessoa muito humana, que vivia para os outros. É, portanto, um bom exemplo a seguir’’, disse a governante

Dom Óscar Braga, o mentor do movimento Promoção da Mulher na Igreja Católica (PROMAICA), nasceu na província de Malanje há 89 anos e morreu em Benguela na segunda-feira

Fórum Facebook

XS
SM
MD
LG