Links de Acesso

Crise de liderança abala a Renamo em Sofala


Apoiantes da Renamo, Gaza

A indicação interina de novos delegados nas províncias de Tete, Manica, Sofala, Gaza e Cabo Delegado continua a provocar uma convulsão política na Renamo, com protestos de vários delegados contra a primeira medida do novo presidente do partido, Ossufo Momade.

Crise de liderança abala a Renamo em Sofala
please wait

No media source currently available

0:00 0:02:15 0:00

Momade, eleito presidente da Renamo, no congresso da Gorongosa em Janeiro, destituiu quase toda a máquina directiva da Renamo, empossada pelo ex-líder, Afonso Dhlakama, naquelas províncias, supostamente em retaliação ao facto de terem apoiado acandidatura de Elias Dhlakama.

O clima de tensão interna do partido viria a tornar-se público na cidade da Beira, tida como bastião da Renamo, quando os delegados provincial e distritais destituídos boicotaram uma reunião da Comissão Politica Nacional, para o empossamento de novos delegados.

Os delegados destituídos recusam-se a entregar as chaves dos escritórios das delegações da cidade da Beira e província aos delegados indicados, e exigem que seja realizada uma conferência provincial para uma eleição democrática dos novos órgãos do partido, tal como foi no congresso.

Luís Chitado e Sandura Ambrósio, membros da Renamo que apoiam uma nova conferência electiva, após o boicote da reunião de segunda-feira, 11, dizem que a direcção máxima do partido deve “rever a sua postura”.

"Esta comissão política nacional veio impor, não eleger o novo delegado político provincial. Nós como membros exigimos que se façam eleições democráticas para escolhermos os nossos novos dirigentes, tal como aconteceu no congresso aquando da eleição do Ossufo Momede para a presidência", disse Ambrósio.

Uma comissão nacional, liderada pelo deputado Simone Macuiana, deslocou-se a Beira para averiguar o imbróglio que divide a Renamo em Sofala, que deverá se pronunciar esta sexta-feira, 15, sobre as disputas internas do partido.

O grupo de manifestantes, garantiu a VOA nesta sexta-feira que caso não haja um resultado satisfatório da comissão de averiguação, vai marchar para a Gorongosa, contestar ao próprio presidente, Ossufo Momade.

Uma fonte bem posicionada na Renamo, disse à VOA, que a convulsão interna do partido, atingiu esta semana a ala militar, com as novas movimentações no seu braço armado.

Fórum Facebook

XS
SM
MD
LG