Links de Acesso

Covid-19: United Airlines torna a vacinação de seus trabalhadores obrigatória


United Airlines

É a primeira companhia aérea dos EUA a estabelecer tal requisito 

A United Airlines informou aos seus trabalhadores, nos Estados Unidos, nesta sexta-feira, 6, que devem ser vacinados contra a COVID-19 até o final de Outubro, tornando-se a primeira grande companhia aérea com tal decisão.

Os gestores daquela companhia dizem que embora percebam que alguns trabalhadores poderão discordar, “os factos são claros: todos ficam mais seguros quando todos são vacinados”.

Os trabalhadores que não o fizerem serão demitidos. A empresa diz que permitirá isenções religiosas ou médicas, mas exigirá documentação que as comprove.

A United tem cerca de 67 mil trabalhadores nos Estados Unidos. A companhia aérea diz que cerca de 90 por cento dos seus pilotos e 80 por cento de assistentes de bordo já estão vacinados.

A companhia aérea se junta a uma lista crescente de grandes empregadores que implementaram mandatos de vacinas. No início desta semana, a Microsoft anunciou que também exigia que os trabalhadores apresentassem prova de vacinação contra o coronavírus antes de entrar nos seus escritórios nos Estados Unidos.

Na terça-feira, a Tyson Foods, uma das maiores empresas produtoras de carne do mundo, com sede nos EUA, disse que exige que todos os seus funcionários sejam totalmente vacinados.

O governo federal disse em Maio que era legal que os empregadores exigissem que os seus trabalhadores fossem vacinados.

Fórum Facebook

XS
SM
MD
LG